Um voo possível

     Imagem

 

     Rogo por liberdade. Acredito nela como força motriz da vida por ser a característica mais intrínseca do amor. Tal qual o pássaro colorido de Rubem Alves, ou o black bird de Paul McCartney, é ela quem garante propulsão das asas para poder alçar voo. Amor sem liberdade é paixão doente; Felicidade sem liberdade é alienação; Sociedade sem liberdade é tirania; Religião sem liberdade é xiismo; e paz, como canta O Rappa, sem liberdade é medo. 

     Todavia, compreendo o temor por essa palavra, afinal, seu conceito é infinito, incomensurável, e só obtemos fragmentos. Quão pequena pode ser uma liberdade do tamanho de um cérebro? Seus ideais são radicais, destroem nossas muralhas, abalam nossos supedâneos. A liberdade invade nossos inexpugnáveis castelos-de-pedra como se fossem areia. Nos amedrontamos, procuramos refúgio no mármore frio; é fato notório que a jaula nos apetece. Ao revés disso, o amor-livre aceita a cela alheia, não se abala com aversão, nem diminui ao beijar o metal. Afinal, ser livre é também poder enclausurar-se. 

      Me toca a alma quando Ricardo Gondim afirma: ‘Deus é amor. Quem ama se faz vulnerável ao abandono’, e quando Rubem Alves arremata: ‘O amor não suporta sistemas’. Aposto numa liberdade que me faz descobrir o mundo além de minhas próprias cercas; que retira escamas dos olhos e provê novas lentes. Não aceito que a resposta da vida esteja em teoremas axiológicos, ou proposições dogmáticas. Quando questões sem resposta me tiram o sono, me aqueço na liberdade de poder trilhar novos passos e beber outras fontes. Compreendo que existem caminhos sombrios em que tenho passe-livre para trilhar, e que todos eles possuem percalços. Confio, então, que minha liberdade frutifique resiliência capaz de suplantar barreiras. Oro para que, ao me ver na zona limítrofe, em minha liberdade eu caminhe para a luz. Espero ser livre para flexibilizar minhas próprias definições.

Anúncios

Seria um prazer se você deixasse um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s